Erros mais comuns na hora de fazer um projeto de móveis planejados

Cuidados Obrigatórios Ao Fazer Um Projeto de Móveis Planejados

A melhor opção para quem deseja mobiliar um ambiente com requinte e bom gosto é, sem dúvida, com móveis planejados.

Entretanto, você precisa observar alguns detalhes muito importantes durante a criação do seu projeto para evitar transtornos lá na frente e obter móveis bem feitos e de acordo com o seu gosto.

Sendo assim, vamos aos erros mais comuns que as pessoas cometem ao fazer um projeto de móveis planejados.

Escolher Materiais de Qualidade

A escolha inadequada dos materiais vai ser o primeiro erro que vamos destacar neste artigo. Um dos principais diferenciais dos projetos de móveis planejados é que você pode escolher os materiais de cada peça do seu conjunto.

Por outro lado. caso as peças sejam escolhidas de forma inadequada você corre um sério risco de não obter aquela satisfação com os móveis.

Um erro bastante comum que algumas pessoas cometem é escolher o material inadequado pensando somente nos custos do projeto.

Para começar, as peças de um conjunto de móveis planejados devem ter um tipo de madeira mais resistente e com espessura maior.

Porém, devido aos custos mais elevados, o cliente acaba optando por um tipo de madeira inferior, buscando obter uma economia maior. Procure evitar cometer esse erro, utilize o material que melhor atenda as necessidades do projeto.

Dimensione o Espaço Para Circulação Adequadamente

Outro erro bastante comum está relacionado ao espaço de circulação no ambiente.

Esse aspecto é fundamental por que você precisa dimensionar bem o espaço necessário para uma boa circulação nos cômodos que vai mobiliar.

No momento em que estiver sendo feita a coleta de dados para o desenvolvimento do projeto é importante que você explique o que acontecerá em determinado ambiente.

Além disso, informe de que modo os móveis serão utilizados para saber se as dimensões das peças não vão atrapalhar a circulação nos cômodos do seu imóvel.

Considere os Fatores Ergonômicos

Ao criar o projeto é importante que você verifique os fatores ergonômicos de cada um dos seus móveis.

Verifique a altura da superfície de cada móvel, veja se os puxadores têm formas que não prejudiquem as mãos, verifique altura de gavetas e portas, entre outros.

Quando os fatores ergonômicos são desconsiderados, a probabilidade de obter lesões é muito alta, e você nunca poderá desconsiderar a importância desse fator para o seu projeto de móveis planejados.

Não Foque Apenas no Preço

Um ponto importante de ser observado é que muitas pessoas ainda não estão prontas para investir em móveis planejados.

Você precisa entender que quando falamos de móveis planejados você não está tendo um custo de aquisição para ter uma mobília.

Aqui você está fazendo um investimento para ter uma mobília de qualidade e extremamente funcional.

Sendo assim, não deixe que o dinheiro interfira na qualidade dos seus projetos.

Reflita sobre isso, pois os móveis planejados são projetados para durar bastante tempo.

Portanto, se você escolher diminuir a qualidade da sua mobília só para pagar mais barato, serão grandes as chances de você não se satisfazer com a sua escolha.

Busque Referências no Mercado

Outra dúvida recorrente é não saber por onde começar.

Para resolver esse problema procure referências na sua região.

Busque informações tanto da loja de móveis planejados que você pretende investir, quanto de projetos que esta loja já realizou.

Para evitar esse erro, é recomendado que você procure empresas que já possuam um bom histórico no mercado.

Certamente há na sua região empresas com muitos anos de atuação no mercado mobiliário, que entregam diversas soluções de qualidade e com muita inovação neste segmento.

Não escolha a primeira opção que aparecer, procure as referências e assim você vai evitar problemas relacionados a integridade dos responsáveis pelo projeto dos seus móveis.

Fique de Olho na Quantidade de Peças

Caso você queira ter bons móveis planejados, então vai precisar ter bom senso para harmonizar a quantidade de peças do seu conjunto no ambiente ao qual você pretende mobiliar.

Não deixe ambiente com muito espaço sobrando, mas também não polua o seu ambiente com excesso de móveis sem funcionalidades.

Procure buscar um equilíbrio entre a quantidade de peças no conjunto de móveis do seu projeto, pois eles vão influenciar diretamente no espaço de circulação de cada ambiente.

Espero ter te ajudado com esse artigo.

Não esqueça de curtir e compartilhar esse artigo com alguém que esteja pensando em fazer um projeto de móveis planejados.